Domingos Rosa

Testemunhos
Domingos Rosa - Presidente da Direção da AFID

Presidente da Associação AFID e da Fundação Afid Diferença

Os meus filhos são os responsáveis pela criação desta obra. Foi para lhes dar qualidade de vida que comecei o caminho que nos trouxe até aqui. Mas nunca pensei que chegássemos tão longe. Afinal a minha intenção, no início, era só resolver o meu problema pessoal.
Tratar de pessoas com deficiência profunda é uma tarefa muito árdua, dura, complicada. Por mais dedicados que sejamos, sem auxílio técnico não conseguimos fazer tudo o que é possível em casa. Só que há mais de 30 anos não havia nada parecido com o que eu queria para eles: um lar onde não lhes faltasse amor, carinho e recursos técnicos para lhes proporcionar todo o conforto possível.
Mas eu sou positivo. Face a uma adversidade não entro em depressão, não enterro a cabeça na areia, não choro. Nada disso. Quando tenho um problema tento sempre arranjar maneira de o resolver e de uma forma construtiva. É esta a atitude que imponho às minhas decisões. Ser assim ajudou-me bastante, mas também ajudou gostar muito dos meus filhos.
Quando decidi que tinha de fazer alguma coisa percebi também que não conseguiria fazê-lo sozinho. Foi por isso que procurei outros pais nas minhas condições e me juntei ao movimento da AFID. Quando inaugurámos o primeiro lar residencial senti-me profundamente emocionado, mas ao mesmo tempo percebi que não podíamos ficar por ali. Era preciso fazer mais por outras pessoas com problemas idênticos aos meus. E fiz, acho que fiz.
Considero que a vida é feita de coincidências. Neste caso, a primeira foi ter encontrado a AFID como pai, a segunda foi ter trabalhado como economista no sector da construção, o que ajudou à concretização do nosso primeiro projeto para o lar residencial, a terceira foi tudo isto ter acontecido numa fase em que o movimento associativo estava a crescer e a quarta foi o chamamento que eu tive. Acho que Deus escolhe as pessoas e nesta história sinto que houve a mãozinha abençoada de Deus.
Orgulho-me do nosso percurso, do rigor que tem caracterizado a nossa intervenção social e a nossa gestão, assente num plano estratégico sólido e numa equipa técnica muito capacitada.
A credibilidade institucional de que continuamos a desfrutar permite-nos encarar o futuro com otimismo. Além de darmos continuidade ao desenvolvimento das atividades em curso no sector social iremos reforçar todo o trabalho nesta área, pois é na solidariedade que nos movimentamos e que nos sentimos realizados, tendo em conta a nossa missão e os valores que defendemos.
Prevemos para breve a criação de dois novos equipamentos sociais, um para apoio de pessoas com deficiência e outro para apoio de pessoas idosas. Será também muito importante para a AFID a manutenção dos níveis de Qualidade conseguidos, com especial atenção às certificações da Marca Europeia de Capacitação e Qualificação de Organizações que prestam serviço nas áreas sociais e de reabilitação EQUASS Excellence, além da tradicional e bem conhecida Norma ISO 9001.
Mas a articulação com as famílias como agentes ativos da nossa intervenção junto da comunidade e dos nossos parceiros será sempre uma das nossas marcas identitárias. Continuaremos a trabalhar juntos, como desde a primeira hora para afirmar a AFID, a nossa AFID, como uma marca de referência.
Mais um filho? Não, a AFID é mais que um filho. Foi um prémio para os dois filhos que tive.

[ 01 Mai 2019 ]
2019 © AFID

Esta página usa cookies  |  Termos Legais  |  Fundação AFID