Eduardo Nascimento

Testemunhos
Eduardo Nascimento

Artista plástico
Ligação à AFID: Parceiro da AFID enquanto responsável pela área de eventos nas galerias de Arte da Câmara Municipal da Amadora

“Lembro-me de comparecerem dezenas de pintores e escultores já com nome reconhecido no meio artístico e do seu espanto com a imaginação, sensibilidade e sentido estético que emanavam daquelas obras. Alguns comentavam: “Parece que tiraram o curso nas Belas Artes”.
O impacto deste primeiro evento foi tão grande, que se estabeleceu logo entre as partes o objectivo de organizar uma exposição anual. Mas o encantado Eduardo não quis ficar por ali. “Lembrei-me de que seria interessante abrir estes eventos a parcerias com artistas e então desafiei os alunos da AFID a fazer réplicas das obras dos pintores e escultores que quisessem aderir à iniciativa”.
O repto foi aceite por ambas as partes e então o meio artístico abriu-se à AFID e vice-versa, no que Eduardo descreve como “um verdadeiro intercâmbio cultural”. O resultado desse diálogo tem sido, nas suas palavras, “algo lindíssimo, que tem surpreendido muita gente”.
A Eduardo Nascimento dá-lhe prazer estabelecer estas pontes: “Agora estamos a avançar regularmente com iniciativas que põem lado a lado pintores e escultores com os alunos da instituição e é interessante observar esse confronto, levar os outros a perceber que há pessoas que podem estar enclausuradas no seu corpo por doença, mas que o talento, a sensibilidade e a imaginação não se prendem. São livres”.
A arte emociona Eduardo também por isto. “Porque consegue fazer esta ligação direta entre seres humanos”. Para ele “nada há de mais poderoso”.

[ 01 Mai 2019 ]
2019 © AFID

Esta página usa cookies  |  Termos Legais  |  Fundação AFID