João Gomes Esteves

Testemunhos
João Gomes Esteves

Curador da Fundação AFID Diferença

Conheceu o núcleo fundador da AFID, ficou interessado em seguir de perto as movimentações do que lhe pareceu ser “um grupo de gente de qualidade e muita dedicação”. Atravessava-se uma época de grande dinamização do associativismo. As linhas de financiamento europeias de apoio ao desenvolvimento na área social davam asas a muitos projectos. Então na liderança da Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica (APIFARMA), empenhou-se em estabelecer pontes sobretudo entre os empreendedores que se moviam na área da saúde, o seu sector de actividade. “Promovemos muitos encontros entre dirigentes para criar dinâmicas. A ideia era que pudessem crescer e afirmar-se como parceiros fundamentais do Estado”.
Congressos, simpósios e contactos com responsáveis governamentais multiplicaram-se nesses anos efervescentes em que tanto havia por fazer na área social. “A AFID”, recorda Gomes Esteves, “marcou presença em muitos desses fóruns, alguns patrocinados pela APIFARMA, com o objectivo de sensibilizar a sociedade para os direitos das pessoas com deficiência e suas famílias”, na época a sua única bandeira.
A primeira unidade residencial da AFID para pessoas com deficiência profunda data desse período. Obra que reforçou, segundo Gomes Esteves, o seu prestígio e influência: “A AFID foi uma das instituições que contribuíram para que se consolidasse a ideia de que são as IPSS que devem liderar na área social, e não o Estado. Fez muito pelas famílias de pessoas com deficiência, mas mais tarde, já como fundação, alargou a sua acção para o trabalho com crianças e idosos com a mesma eficiência”.
Gomes Esteves diz que tem sido um prazer colaborar com a AFID ao longo dos anos e que da sua obra é possível destacar muitos exemplos que espelham a sua criatividade e profissionalismo. Mas de todas as emoções que esta casa lhe deu destaca o momento em que entrou pela primeira vez na AFID Geração, a sua estrutura mais recente, onde funcionam em simultâneo um lar de idosos e uma creche.
“Lembro-me que quando ainda estava em fase de projecto tive dúvidas quanto ao benefício que resultaria dessa mistura de faixas etárias, mas ao vê-las a interagir, percebi que havia uma energia que passava de uns para outros. As crianças espalhavam sorrisos nos mais velhos e ao mesmo tempo recebiam deles a atenção e o carinho de que tanto gostam. Essa interação ficou-me registada na memória como uma das muitas lições de vida que a AFID me deu”.

[ 01 Mai 2019 ]
2019 © AFID

Esta página usa cookies  |  Termos Legais  |  Fundação AFID