Paula Guimarães

Testemunhos
Paula Guimaraes

Ligação à AFID: Parceira

Paula Guimarães é uma das vozes mais escutadas sobre questões ligadas à cidadania para o terceiro sector, como a responsabilidade social das empresas e o voluntariado. Desde sempre se empenhou nos mais diversos projetos de intervenção cívica, mas a salvaguarda dos direitos dos mais idosos é uma das cruzadas a que mais tem dedicado o seu tempo e energia.
Quando, entre 2000 e 2003, fez parte dos quadros do Instituto para o Desenvolvimento Social, foi responsável pela área das políticas de envelhecimento. Mais tarde, já como vice-presidente do Instituto de Reinserção Social, foi membro da Comissão Nacional para a Política da Terceira Idade.
Foi nestas sucessivas funções que se cruzou com a AFID: “Proporcionei-lhes, através das organizações que representava, alguns financiamentos e colaborei em acções de formação, quer como formadora, quer como formanda”.
Também especialista em Gerontologia Social e Direito das Pessoas Idosas, matérias que lecciona na universidade, assume sem reservas que essas partilhas de conhecimento nunca foram unívocas: “Com a equipa técnica da AFID aprendi muito sobre deficiência. Aprendi, por exemplo, que essas pessoas são capazes de coisas extraordinárias”.
Tão extraordinárias como o mural que viu pintar, iniciativa em que também colaborou, com pincéis, tintas e o coração nas mãos: “Fui convidada em representação do Montepio e da GRACE. Estivemos ali, a pintar esse painel que ainda se encontra na sede da AFID, ombro a ombro, e foi uma experiência muito bonita. Inesquecível”.
Sensível como é a tudo o que se relaciona com idosos, foi com muito interesse que conheceu o AFID Geração, projeto que juntou nas mesmas instalações crianças e seniores: “Normalmente as instituições tendem a intervir no envelhecimento de forma segmentada, mas esta dimensão da intergeracionalidade que encontramos no AFID Geração é uma dimensão integrada, holística, que devia ser mais vezes adotada. Promove a inclusão”, diz ela, com conhecimento de causa.
Admiradora confessa desta sua parceira de tantas jornadas, Paula Guimarães elogia-lhe a resiliência, o otimismo e a humildade para aprender: “Sem resiliência a direção da AFID não teria alcançado os seus intentos, sem otimismo não teria acreditado que conseguiria e sem humildade para aprender não teria evoluído”.

[ 01 Mai 2019 ]
2019 © AFID

Esta página usa cookies  |  Termos Legais  |  Fundação AFID